Disney+: Data de Lançamento e Valor do serviço

Disney+ é o concorrente da Netflix que terá conteúdos originais da Disney e chega em novembro

0
308
Disney+: Data de Lançamento e Valor do serviço
Disney+: Data de Lançamento e Valor do serviço

A Disney anunciou neste mês mais detalhes do serviço de streaming Disney+, que terá filmes e séries da Pixar, da franquia Star Wars, da National Geographic e de outros braços da empresa de mídia, além de conteúdos originais.

Ele custará US$ 6,99 por mês ou US$ 69,99 por ano e será lançado nos Estados Unidos no dia 12 de novembro.

No primeiro ano do Disney+, a companhia promete mais de 7,5 mil episódios de séries e mais de 400 filmes, incluindo 100 “títulos recentes”. A Disney também espera oferecer mais de 10 filmes e 25 séries originais para o serviço de streaming no período inicial. Entre os conteúdos estarão títulos de Star Wars, Marvel, Disney Channel, Os Simpsons e Pixar.

Star Wars / © Megatech BR
Star Wars / © Megatech BR

Certos títulos serão exclusivos do Disney+ no streaming, ou seja, não estarão disponíveis tão cedo em concorrentes como a Netflix. Um deles é Os Simpsons: todos os episódios das 30 temporadas (!) só poderão ser assistidos na plataforma da Disney. Isso também inclui Capitã Marvel e as obras que ainda serão lançadas, como O Rei Leão e Vingadores: Ultimato.

Vingadores Ultimato / © Megatech BR
Vingadores Ultimato / © Megatech BR

Quanto aos recursos da plataforma, a Disney adiantou que todos os conteúdos do Disney+ poderão ser baixados para serem assistidos offline — diferente da Netflix, que possui restrições para alguns títulos. O serviço poderá ser acessado em aparelhos como Smart TVs, ChromecastApple TV, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e computadores, com streaming em 4K HDR para os dispositivos compatíveis.

Como o Disney+ foi apresentado durante uma conferência para investidores, a Disney revelou informações sobre o negócio. O Engadget destaca que o serviço deve causar prejuízo bilionário em 2020, sendo que as maiores perdas devem acontecer entre 2020 e 2022. O Disney+ só deve se tornar lucrativo em 2024, segundo a companhia. Em outras palavras, a Disney está disposta a gastar bastante para brigar com a Netflix.

Os Estados Unidos, claro, serão o primeiro país a receber o Disney+, no dia 12 de novembro. A Disney promete um lançamento “ao longo dos próximos anos” em regiões da América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina. A expectativa é atingir a maioria dos principais mercados até 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA