Xiaomi inaugura primeira loja no Brasil com descontos em smartphones

Fãs da marca chegaram a passar 45h na fila para serem os primeiros a entrar

0
79
Xiaomi inaugura primeira loja no Brasil com descontos em smartphones
Xiaomi inaugura primeira loja no Brasil com descontos em smartphones

A fabricante chinesa Xiaomi inaugurou a primeira loja física dedicada à sua marca no Brasil, que fica localizada no Shopping Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. Um destaque no lançamento da loja foram os descontos, que chegaram a 30% do preço sugerido pelos seus smartphones no país – diga-se de passagem, muito mais caros do que as barganhas online que popularizaram a empresa por aqui.

Exemplos disso incluíram o intermediário Redmi Note 7 (versão 64GB/4GB) por R$ 1.299, numa promoção que irá durar pelas primeiras 300 unidades vendidas. Entretanto, é possível encontrar a versão global importada do aparelho (que é idêntica) por R$ 1.100 ou até menos em lojas online.

Xiaomi Mi9 / © Megatech BRXiaomi Mi9 / © Megatech BR

Enquanto isso, o topo de linha Xiaomi Mi 9(128GB/6GB) está custando R$ 2.799 por um tempo limitado. Esse preço está abaixo do que as lojas de varejo tradicionais estão cobrando e até mesmo do que se pagaria após as taxas caso você deseje importá-lo por conta própria.

De acordo com o site Uol, teve gente que passou bastante tempo esperando pela inauguração. Dois amigos – Rodrigo Matos e Rodrigo Libório – chegaram a esperar 45 horas embaixo de chuva, frio e até granizo para serem os primeiros a conhecerem a nova loja física da Xiaomi.

“Chegamos aqui às 13h da quinta. São 45h seguidas de fila. Arrumamos papelões para nos proteger do frio. Mas tudo está valendo a pena. Parece que a gente está sonhando. Quando a gente soube que a Xiaomi viria para cá, a gente já se falou e decidimos que a gente teria que vir para cá o mais rápido possível”
– Rodrigo Matos, fã da Xiaomi em entrevista ao Uol

Fora os smartphones, a loja da Xiaomi ainda vende mochilas, escova de dentes, fones de ouvido, lâmpadas inteligentes, patinetes elétricos, óculos e guarda-chuva. Todos os produtos são projetados e têm a marca da própria companhia. Ela traz uma ideia parecida com a da Apple Store de que os clientes podem andar sozinhos pela loja e experimentar os produtos.

DEIXE UMA RESPOSTA